Clínicas de recuperação em todo Brasil

Clínica de Reabilitação: Onde Encontrar ?

Onde Encontrar Uma Clinica de Reabilitação para Dependência química e Alcoólica

Alguns pesquisadores e profissionais médicos estão sugerindo que a doença mais negligenciada é a dependência química por causa do crescimento constantemente número de mortes por overdose de drogas. Só em 2015, o consumo de drogas contribuiu para mais de 47.000 mortes – o triplo do número de mortes em 1999.

Mesmo com o número esmagador de opções de tratamento e as informações úteis frequentemente fornecidas pelos sites de clínica de reabilitação, decidir por um programa de reabilitação pode ser difícil para alguns. É por isso que criamos um guia prático passo a passo para entender suas opções e escolher o programa de reabilitação certo para sua situação específica.

Guia com as melhores clínica de recuperação do Brasil

Etapa 1: Conheça suas opções

Quando se trata de escolher uma Clinica de Reabilitação específica, há muitas opções diferentes, mas dois fatores básicos separam os programas de reabilitação:

  • Ambiente : dependendo do ambiente escolhido, você estará frequentando a reabilitação em tempo integral.
  • Duração : Alguns programas permitem que você fique o tempo minimo de 30 dias, enquanto outros têm programas específicos de duração de 90 a 120 dias.
Atendimento 24 horas clínica de reabilitação voluntária e involuntária
Atendimento 24 horas clínica de reabilitação voluntária e involuntária

Os diferentes tipos de internações para dependência química e alcoólica

Os dois principais tipos de internações em Clinica de Reabilitação para dependentes químicos e alcoólatras.

Internação voluntária para dependentes químicos

A primeira forma de internação de dependentes químicos é a voluntária, que nada mais é do que aquela em que o próprio indivíduo, percebendo o problema que possui, busca por auxílio para solucioná-lo.

internação voluntária é, portanto, realiza através do próprio consentimento do dependente químico, mas a família também deve auxiliar, até mesmo para que ele não desista do seu propósito.

Após ser avaliado e admitido em uma clínica de reabilitação, depois de passar pelo aval do médico responsável, o dependente químico deve assinar um termo em que deixa claro que está sendo internado com o próprio consentimento.

No caso da alta desse paciente, que se internou voluntariamente, ele também deve assinar um termo deixando claro que está requisitando sua saída da clínica por vontade própria.

A alta do paciente, nesses casos, também pode ser dada pelo próprio médico da clínica, ao perceber que ele está plenamente reabilitado.

Internação involuntária para dependentes químicos

A principal forma de você conseguir internar um dependente químico é através da internação involuntária em uma clínica de reabilitação.

Esse tipo de internação independe da vontade ou do consentimento do dependente químico, podendo ser requisitada por um familiar ou ainda por um responsável legal.

Para que a internação seja aceita, entretanto, é preciso primeiro que o dependente passe por uma avaliação médica, em que irá ser emitido um laudo atestando a necessidade de internação.

A internação involuntária é uma última opção de tratamento, quando o dependente químico não demonstrou melhora em nenhuma outra opção e não deseja buscar auxílio por conta própria, não entendendo que possui uma doença.

Assim, esse tipo de internação visa garantir o bem-estar do próprio dependente, além também de reduzir os riscos para as pessoas próximas a ele.

Duração do programa de tratamento para dependência química

A duração do programa é mais importante quando se considera os programas de internação. Os programas de internação normalmente têm uma duração de longo prazo de 120 dias. Os programas de internação geralmente exigem um compromisso de permanência, com as durações mais comuns sendo 30 , 60, 90 e 120 dias.

Maneiras de completar a reabilitação

Geralmente, existem duas abordagens básicas para completar a reabilitação que também podem ser misturadas e combinadas. A primeira abordagem é entrar em um centro de reabilitação de serviço completo, onde você completará todas as etapas na mesma instalação (com exceção dos cuidados posteriores, que serão coordenados na instalação e, então, podem ocorrer em outro lugar).

A segunda abordagem é concluir cada etapa em uma instalação diferente. Por exemplo, você pode ser avaliado por um terapeuta, realizar desintoxicação em uma clínica de recuperação, concluir o tratamento ambulatorial intensivo e, em seguida, utilizar um programa de 12 passos para cuidados posteriores.

escolha seu caminho de reabilitação

Etapa 2: escolha seu caminho em uma clínica de reabilitação

Para determinar qual abordagem (ou combinação de abordagens) é certa para você, comece considerando três critérios principais:

  • Seu nível de vício
  • Seu orçamento
  • Sua disponibilidade
Seu nível de dependência química

Seu nível de dependência química determina o nível de cuidado de que você precisa e quais programas estão disponíveis para você. O vício é um espectro que varia de leve a grave.

O vício não é uma moeda de dois lados, com as pessoas totalmente viciadas ou não. Em vez disso, existe em um espectro de muito leve a muito grave com algumas drogas que são mais perigosas do que outras, e algumas pessoas correm um risco geral de vício mais alto.

Determine qual é o seu nível de dependência

Para determinar qual é o seu nível de dependência, você pode obter uma avaliação profissional ou decidir por si mesmo.

Se você optar por uma triagem profissional, seu nível de dependência será determinado usando o Critérios da Agência Nacional de Saúde. Durante o processo de triagem, os terapeutas consideram cada critério, ou categoria, ao determinar seu nível de dependência. Assim que seu nível de dependência for determinado, serão feitas recomendações para o tipo apropriado de programas de reabilitação.

Para ajudá-lo a refletir sobre si mesmo e começar a determinar seu nível de dependência, você pode revisar as perguntas listadas abaixo. Embora se baseiem nos critérios oficiais, não são de forma alguma uma abordagem abrangente e apenas um profissional treinado pode usar os critérios para fornecer uma recomendação concreta. Quanto mais perguntas você responder “sim”, mais severo será o seu vício.

Observação: as seguradoras não precisam cobrir sua opção de clínica de reabilitação. Dependendo das recomendações do processo de triagem, o seguro pode cobrir apenas uma determinada configuração e duração do tratamento – por isso é importante fazer uma triagem antes de se comprometer com qualquer programa.

Seção 1: História com Abuso de Substâncias Químicas

  • Você já usou mais álcool ou drogas do que pretende?
  • Você fica fisicamente doente se parar de usar drogas ou álcool?
  • Você experimenta sintomas emocionais ou mentais se parar de usar drogas ou álcool (como ansiedade, depressão, etc.)?
  • Você já experimentou sintomas de abstinência com risco de vida?
  • Você precisa tomar uma dose mais alta de drogas ou beber mais álcool para sentir a mesma sensação?
  • Sua família tem histórico de uso de álcool ou drogas?

Seção 2: Condições médicas e complicações

  • Quantas condições médicas diagnosticadas você tem que interferem na sua vida cotidiana?
  • Você tem alguma condição médica grave ou potencialmente fatal?

Seção 3: Saúde mental e emocional

  • Você já teve sintomas de transtornos do humor, como depressão, desesperança ou perda de prazer ou interesse?
  • Você já teve algum tipo de ansiedade?
  • Você já lutou com sintomas de psicose, como paranóia, delírios ou alucinações?
  • Você já teve pensamentos suicidas?
  • Você já pensou em prejudicar outras pessoas?
  • Você já esteve em uma situação de abuso (emocional, físico ou sexual)?
  • Você já foi diagnosticado com um transtorno emocional ou mental?

Seção 4: Desejo e prontidão para mudar

  • O uso de álcool ou drogas tem algum impacto negativo em sua vida, como trabalho / escola, relações familiares ou finanças?
  • Você continua usando álcool ou drogas, mesmo que isso tenha um impacto negativo em sua vida?
  • Você já recebeu tratamento ou ajuda para abuso de álcool ou drogas no passado?
  • Existem obstáculos significativos para você se você precisar ir para uma clínica de reabilitação?

Seção 5: Uso atual e potencial de recaída

  • Com que frequência você sentiu desejos intensos, sintomas de abstinência ou efeitos colaterais indesejados do uso?
  • Você gasta uma quantidade significativa de tempo tentando obter álcool ou drogas ou se recuperando dos sintomas de abstinência?
  • Você acha que terá uma recaída ou continuará a usar drogas abusivas ou álcool se não receber ajuda?
  • Você não tem conhecimento de seus “gatilhos” pessoais?
  • Você não tem um plano de ação se for “acionado”?
  • Você já tentou e não conseguiu parar de usar drogas ou álcool no passado?

Seção 6: Situação de vida e apoio à recuperação

  • Você não tem relacionamentos que apoiem sua recuperação?
  • Você está atualmente sem teto ou sem casa própria (mais de uma família morando em uma casa unifamiliar)?
  • Outras pessoas usam drogas em sua casa?
  • Você vive em uma situação em que sente que sua segurança está ameaçada (por circunstâncias ou relacionamentos)?
  • Existem outras razões pelas quais sua situação de vida atual tornaria sua recuperação mais difícil?
  • Você está desempregado ou abandonou a escola?
  • Você está atualmente envolvido com o sistema legal, como liberdade condicional, pena de prisão, etc?
Use seu nível de dependência química para ajudar a determinar que tipo de clínica de reabilitação é melhor para você

Programas mais intensivos (como Clínica de Reabilitação ) são para pessoas com vícios fortes ou perigosos de drogas, que lutam contra outras doenças mentais e não têm sistemas de apoio sólidos, como família e amigos. Por outro lado, alguém que tem um ambiente familiar muito favorável, não tem um histórico de programas de reabilitação e não é fortemente viciado em drogas perigosas pode ficar melhor com opções menos intensivas, como grupos de apoio ou aconselhamento individual.

Seu orçamento

Embora o custo em clínica de reabilitação não deva ser sua principal consideração, ele ainda desempenha um papel na determinação do tipo de programa de reabilitação mais adequado para você. No geral, você tem duas opções se não puder pagar pela reabilitação do próprio bolso: Limitar suas escolhas com base em quanto você pode pagar ou encontrar uma maneira de compensar o custo da reabilitação.

Há uma grande variação entre os custos de Clínica de reabilitação

Os custos em uma clínica de reabilitação podem variar de totalmente gratuito a mais de R$ 30.000 por mês, com muitas opções entre os dois. O custo depende da intensidade do programa, com serviços de maior intensidade e mais frequentes resultando em custos globais mais elevados.

Você pode escolher uma opção menos cara

Se as finanças desempenham um papel significativo na escolha de clínica de Recuperação, você pode usar as dicas a seguir para escolher uma clínica de recuperação baixo custo.

Escolha um ambiente menos intensivo: Embora não recomendemos apenas escolher a opção de clínica de reabilitação mais barata que existe, pode haver clínicas de reabilitação menos caras que ainda oferecem o nível de tratamento de que você precisa.

Escolha um local mais próximo de casa: Embora essa tática signifique limitar sua seleção, aqueles que optam por tratamento podem manter seus custos mais baixos se encontrarem uma clínica de reabilitação de qualidade que não exija que eles se desloquem ou encontrem locais de moradia alternativos durante o programa.

Escolha uma duração mais curta: Embora você deva escolher a duração do tratamento que corresponda à gravidade do seu vício, um programa mais curto resulta em custos mais baixos.

Escolha um centro menos luxuoso: Os centros de tratamento residenciais variam de retiros de luxo e negócios a instalações que fornecem apenas o necessário. Fatores como a qualidade e seleção do cardápio, privacidade nos arranjos de dormir e comodidades de recreação podem fazer uma grande diferença no custo geral do programa.

Você pode compensar o custo da reabilitação

Embora a clínica de reabilitação seja cara, existem maneiras de obter ajuda para pagá-la, como as seguintes:

Centros financiados pelo estado : Esses centros são parcialmente financiados por dinheiro federal, o que lhes permite fornecer taxas em escala móvel (ou com base na renda) para aqueles com renda limitada. Alguns até oferecem assistência de pagamento se você se qualificar, tornando seu tratamento mais econômico do que opções comparáveis.

Planos de pagamento e bolsas : Outras opções de pagamento incluem planos de pagamento pagos através de bolsas, que às vezes são fornecidos pelo próprio programa de reabilitação. Você pode descobrir se eles estão disponíveis ligando ou visitando o site.

O custo do vício às vezes supera o custo da reabilitação

No geral, o custo do vício pode superar o custo monetário de um programa. Relacionamentos pessoais prejudiciais, desempenho inferior no trabalho e dependência de uma substância cobram seu preço e acarretam seus próprios custos para o seu bem-estar – sem mencionar as ramificações legais.

Além disso, se você escolher a reabilitação errada e ela não funcionar para você, você pode apenas ter que pagar por uma opção de reabilitação mais cara no futuro. É por isso que é tão importante escolher um programa com base em seu vício e necessidades, quanto basear sua escolha em quanto você está disposto a pagar.

Sua disponibilidade

Sua vida pessoal, profissional e familiar afetam sua agenda e, portanto, os programas de reabilitação que você pode escolher. No entanto, cada decisão baseada no cronograma também pode limitar quantas opções de reabilitação você tem disponíveis.

A disponibilidade deve levar em consideração sua localização e duração

A reabilitação não é conveniente para ninguém, mas você ainda pode levar sua programação em consideração ao selecionar a opção de reabilitação mais sustentável. Quanto mais difícil para você mesmo frequentar a reabilitação, maior será a probabilidade de desistir.

Você pode restringir suas opções considerando se deseja ir para a reabilitação perto ou longe de casa, a duração do programa e a duração do programa.

Decida se você prefira uma clínica de reabilitação perto ou longe de casa

Ir para uma clínica de recuperação perto de casa pode ser melhor para pessoas que:

  • Não podem escapar do trabalho ou responsabilidades pessoais
  • Irão se beneficiar de seu grupo de apoio de família e / ou amigos
  • Necessitam do horário flexível que a reabilitação ambulatorial oferece

Ir para a reabilitação longe de casa pode ser melhor para pessoas que:

  • Têm muitas influências negativas perto de casa que podem desencadear seu vício
  • Não tenha preocupações financeiras sobre ir e viver longe de casa
  • Não moram perto de uma grande cidade com várias opções de reabilitação

* Observação: muitas pessoas que optam por ir para a reabilitação longe de casa vão para um centro de tratamento residencial; no entanto, você ainda pode ir para um programa ambulatorial longe de casa.

Decida quanto tempo você pode ficar na reabilitação e com que frequência você pode ir

Lembre-se de que você pode ficar com um programa, como um centro de internação, ou pode misturar e combinar – você pode ir para um programa intensivo por um curto período antes de entrar em um programa ambulatorial que não requeira tanto tempo por semana.

Determine se você precisa de cuidados especializados

Depois de restringir suas opções de Clínica de reabilitação com base no compromisso de custo e tempo, você pode considerar quais tipos de terapia são mais benéficos para a (s) droga (s) em que você está lidando e decidir se uma reabilitação especializada é certa para você.

Algumas terapias de reabilitação tratam dependências de drogas específicas

Embora muitos terapeutas usem terapias comportamentais semelhantes para diferentes vícios em drogas, os medicamentos para ajudar nos sintomas de abstinência e desintoxicação variam de acordo com a droga.

Mesmo que a medicação tenha sido comprovada para ajudar na desintoxicação de uma droga, alguns programas de tratamento podem não ter a capacidade de oferecer medicamentos. Para ter certeza de que está recebendo o tratamento correto, pergunte a programas de reabilitação em potencial se eles podem fornecer os medicamentos de que você pode precisar.

Ao escolher sua clínica de recuperação, também é necessário avaliar alguns pontos mais delicados.

Mulheres e mães novas ou grávidas

As mulheres podem encontrar clínica de reabilitação feminina que atendam a elas. Às vezes, as mulheres se sentem mais à vontade na terapia de grupo quando estão com pessoas do mesmo sexo, possivelmente compartilhando mais e avançando com o processo de terapia de uma forma que não fariam se os homens estivessem presentes.

LGBTQ

As pessoas da comunidade LGBTQ também podem encontrar clínicas de reabilitação especificamente para elas. Esses programas geralmente criam um ambiente inclusivo e podem criar oportunidades de terapia de grupo mais benéficas, pois normalmente há menos julgamento. Infelizmente, não houve estudos conclusivos sobre a eficácia desses programas de tratamento em comparação com seus equivalentes.

Idosos

Os idosos podem receber tratamento para abuso de substâncias em clínicas especiais. Além disso, alguns centros de reabilitação privados oferecem tratamento especialmente desenvolvido para atender às necessidades dos idosos.

Adolescentes

Os adolescentes têm centros de reabilitação projetados para ajudá-los a superar os desafios únicos que enfrentam. No entanto, alguns relatos pessoais e pesquisadores argumentam que colocar adolescentes em uma reabilitação que inclui apenas seus pares de idade pode piorar o abuso de substâncias em vez de ajudá-lo.

Verifique a credibilidade das clínica de recuperação

Depois de reduzir sua lista a um pequeno grupo de clínicas, verifique se cada uma é confiável, certificando-se de que usam terapia baseada em evidências, têm profissionais treinados e certificados para o seu tratamento e incluem sistemas de apoio e cuidados posteriores. A reabilitação é um grande investimento financeiro e de tempo para o seu futuro, então você quer ter certeza de que o programa que você escolher lhe dará a melhor chance de superar o vício a longo prazo.

Encontre uma clínica de reabilitação  mais perto de você
Encontre uma clínica de reabilitação mais perto de você

Abordagens de terapia baseada em evidências são as únicas que comprovadamente funcionam

Uma das qualidades mais importantes de um programa de reabilitação confiável é ter programas que implementam tratamentos baseados em evidências. Tratamento baseado em evidências significa que o próprio tratamento foi testado e comprovado que funciona para a finalidade pretendida. Por outro lado, alguns centros de reabilitação ainda usam métodos de tratamento enraizados no passado – abordagens usadas que funcionam para algumas pessoas, mas não foram cientificamente comprovadas para serem eficazes para a maioria das pessoas.

Os programas confiáveis devem oferecer uma ampla seleção de opções terapêuticas baseadas em evidências. Usar um processo, como apenas implementar um programa de 12 etapas, funcionará apenas para uma pequena parte da população . Quanto mais opções, melhores chances você tem de ser bem-sucedido em um programa.

As terapias médicas podem ser tão benéficas quanto a terapia comportamental

Não é apenas importante ter uma variedade de terapias comportamentais disponíveis, se você estiver se recuperando de um vício grave em uma droga perigosa (incluindo álcool e opioides), certifique-se de que o programa de tratamento oferece terapia medicamentosa para ajudar no processo de retirada. O uso de medicação para se recuperar do vício mostrou terresultados de tratamento mais positivos e mais duradouros do que desintoxicar sem.

Profissionais treinados e certificados

Os centros de reabilitação não têm supervisão ou regulamentos que garantam que todos sejam altamente qualificados

Os terapeutas registrados são obrigados a passar nos exames e ter um alto grau de escolaridade, mas existem muito poucos regulamentos estaduais ou federais para conselheiros de dependência.

Além disso, os centros de reabilitação não têm supervisão regulatória que garanta que seu tratamento seja eficaz ou que os números de recuperação que publicam sejam precisos. Isso torna ainda mais importante que os pacientes façam as perguntas certas e tenham certeza de que estão recebendo o melhor tratamento possível.

Todos os terapeutas e conselheiros devem ter diploma universitário e ser certificados em suas áreas

Nem todo mundo que trabalha em um centro de reabilitação precisa ter um diploma avançado, mas os terapeutas e conselheiros que aconselham e fornecem terapia devem ter amplo treinamento e certificação na forma de bacharelado ou mestrado.

Sistemas de suporte e preparação pós-tratamento

Os centros de tratamento residencial devem ter uma equipe de apoio completo

Ter um sistema de suporte completo durante o tratamento é fundamental para um programa de sucesso. Os centros de tratamento devem ter pelo menos um médico licenciado para qualquer necessidade médica que surgir. Além disso, ter um assistente social na equipe para ajudar com qualquer problema familiar, profissional ou de vida adicional é benéfico. Alguns programas ambulatoriais, compreensivelmente, só fornecerão terapia, pois são baratos e menos intensivos.

Criar um plano de pós-tratamento forte durante o tratamento é essencial

Antes de voltar para casa, o centro de tratamento deve criar um plano de cuidados posteriores com você, destacando os recursos e programas que você tem em sua cidade natal, bem como ajudando você e seus entes queridos a se prepararem para a vida pós-tratamento. Esse processo é crucial porque os pacientes que se inscrevem em programas de pós-tratamento têm maior probabilidade de manter a abstinência do que aqueles que não o fazem.

Tome sua decisão final

Depois de restringir suas opções de clínica de reabilitação a três ou menos opções, ligue e analise-os para ter certeza de que são confiáveis ​​e bem informados. Para começar, você pode usar a lista de perguntas abaixo. Além disso, considere que outras preocupações ou perguntas você tem com base em sua situação pessoal única e suas expectativas em relação ao programa em si.

Depois de tomar sua decisão final, a única coisa que resta a fazer é definir uma data e cuidar de todas as responsabilidades de última hora. Uma palavra de cautela: quanto mais você demorar, mais fácil será se convencer de que não precisa ir para a reabilitação. É aconselhável começar a reabilitação assim que possível.

Fale com nossos especialistas! Atendimento 24 horas. Tratamento para dependência química e alcoólica

Atendimento via whatsapp para clinica de recuperação Álcool e Drogas
Atendimento via whatsapp para clinica de recuperação Álcool e Drogas

Descubra como nossos consultores podem ajudar você ou seu ente querido a selecionar um tratamento em uma clínica de recuperação  adequada. Uma avaliação por telefone exige apenas 5 a 10 minutos do seu tempo. Isso ajuda você a saber sua posição em termos de opções de reabilitação em sua área local. 

Participe da discussão

Compare listings

Comparar