Clínicas de recuperação em todo Brasil

Internação Voluntária

Os dependentes químicos podem fazer a requisição da internação voluntária quando assim perceberem que necessitam desse tipo de tratamento.

A internação é uma das formas mais eficazes para que alguém possa superar a dependência química, já que é em uma clínica de recuperação é possível encontrar um ambiente propício para tal.

A taxa de sucesso de um tratamento que é feito, pelo menos inicialmente, totalmente em uma clínica por meio da internação é bem mais alta do que se comparada com o de dependentes que não procuram esse auxílio.

Por meio da internação em uma clínica de recuperação, por exemplo, é muito mais fácil estar longe de possíveis gatilhos, como pessoas e ambientes, que façam o dependente utilizar novamente uma substância química.

Entre as formas possíveis de internação em uma clínica de reabilitação, a internação voluntária é a única em que o dependente químico entra no local por conta própria.

Também é a única opção em que ele pode sair por requisição própria de alta, o que dá a ele mais liberdade sobre suas escolhas, caso perceba que o tratamento já fez o efeito desejado ou que não o está ajudando.

O que é a internação voluntária?

A internação voluntária é aquela que ocorre por decisão própria do dependente químico, que consegue perceber que está em uma situação difícil e que precisa de auxílio.

Esse tipo de internação é baseado, portanto, no entendimento de que o dependente químico realmente deseja parar de utilizar a substância química, álcool ou algum tipo de droga ilícita.

A forma como o paciente foi internado influi, inclusive, em como será o tratamento dele, já que é alguém que está mais aberto a ser tratado de boa vontade para livrar-se do vício que possui.

Infelizmente, sabe-se que esse tipo de internação e de postura de dependentes químicos ainda é bastante rara, o que significa que na maioria dos casos essa modalidade não é a predominante.

Normalmente o paciente que solicita a internação voluntária já está em um nível de estresse muito grande sobre sua própria condição, não conseguindo mais livrar-se do vício que possui sozinho.

É comum que ele deseje melhorar, após livrar-se da dependência química, os laços familiares e voltar a concentrar-se no emprego, o que serve como motivação no tratamento dessas pessoas.

Muitas vezes a própria família incentiva-o a internar-se e o faz perceber o problema que possui, tornando-o consciente do mal que está causando a si mesmo e aos outros.

É sempre essencial que se conheça qual a motivação que leva o dependente químico a buscar internação voluntária, pois isso ajudará bastante no tratamento.

Após um período internado, a partir do momento em que o indivíduo já demonstra ou percebe que pode cuidar-se sozinho e que as chances de sucumbir ao vício novamente são reduzidas, ele pode receber alta.

A ideia é justamente tratar o paciente para que ele possa reconhecer o problema, livrar-se da dependência e passar a cuidar-se contra essa doença que possui.

Como é feito o pedido de internação?

A internação voluntária, como é aquela em que o próprio paciente tem a consciência do vício e o desejo de livrar-se dele, possui uma forma de ser requisitada bastante distinta.

A requisição da internação deve sempre passar pelo profissional médico psiquiatra da clínica onde o paciente pretende internar-se.

A partir da avaliação do estado do dependente químico, o médico poderá dizer qual é o tipo de tratamento mais adequado para aquele potencial paciente.

Entre as formas de tratamento em uma clínica de recuperação para a internação voluntária podem ser descritas:

  • Internação parcial: nesse tipo de internação o paciente passa o dia na clínica de recuperação, recebendo os tratamentos indicados, enquanto passa a noite com sua família (essa também é uma forma de transição entre a internação 24 horas e a alta do paciente)
  • Internação total: com esse tipo de internação, o dependente químico recebe o tratamento 24 horas por dia na clínica de recuperação, sendo cuidado por toda a equipe de profissionais e de suporte do local

Após o psiquiatra definir qual a melhor opção de tratamento para o dependente químico, o próximo passo para a internação é o momento da assinatura da adesão do paciente.

Ao adentrar em uma clínica de recuperação para tratar-se de forma voluntária, o dependente químico deve assinar um documento em que declara que optou por essa modalidade de tratamento.

Quem pode solicitar a internação?

A internação voluntária, como explicado até aqui, é aquela em que o próprio dependente químico resolve aceitar o tratamento contra o vício que possui.

A grande questão é que muitas vezes ele busca esse tratamento orientado pela família, que o ajuda a perceber o problema que possui.

Acontece sempre de faltar atitude do dependente químico para requisitar a internação voluntária e nesse caso é comum que a família o acompanhe para que ele realmente possa pedir o auxílio que precisa.

É sempre importante lembrar, entretanto, que para que a internação seja considerada voluntária o dependente químico precisa assinar o documento em que declara que está entrando na clínica por vontade própria.

Como é o tratamento para internação voluntária?

Após a indicação do psiquiatra sobre a melhor forma de internação para o dependente químico que requisitou o tratamento voluntário, se parcial ou total, o mesmo deve começar a tratar-se no local.

E qual é a forma de tratamento de dependentes químicos que requisitaram a internação voluntária, seja ela parcial ou 24 horas na clínica?

O tratamento em uma clínica de recuperação deve durar, no mínimo, 90 dias para que algum resultado possa ser observado no paciente.

O tempo médio de tratamento gira entre 90 a 180 dias, com alguns casos sendo necessário o paciente passar mais de 6 meses no local para conseguir recuperar-se totalmente.

Tudo isso dependerá do estado do dependente químico ao chegar na clínica e de como ele reagirá ao tratamento que estiver recebendo.

A clínica de recuperação deve oferecer o auxílio de profissionais como:

  • Médicos
  • Psicólogos
  • Terapeutas
  • Nutricionista
  • Educador físico
  • Enfermeiras
  • Técnicas de enfermagem
  • Colaboradores de apoio

Com toda essa equipe completa à disposição, o paciente poderá ser auxiliado em um tratamento completo, que deve passar não só pelos cuidados da saúde mental, mas também física.

Aliás, é importante que a saúde mental e física dele seja bem avaliada ao chegar na clínica, para que as indicações de tratamento sejam as mais assertivas possíveis.

O paciente poderá receber tratamento baseado em acompanhamento terapêutico individualizado (com psicólogos e psiquiatras), terapia em grupo com outros pacientes, prática de atividades físicas, alimentação adequada, etc.

Tudo isso irá influenciar diretamente em como o paciente conseguirá reagir ao tratamento a que ele está sendo exposto, fortalecendo-o de todas as formas.

No caso do paciente que é tratado de forma interna total, à medida que ele for apresentando melhoras é possível ir realizando uma transição para a internação parcial.

Assim, ele poderá começar a ir para casa e ficar com a sua família na parte da noite, o que ajuda bastante na ressocialização do indivíduo, ao invés de o mesmo receber alta de uma vez após um grande período de internação.

Toda a eficácia do tratamento, na internação voluntária, passa por todos esses detalhes que precisam ser considerados.

Como é a alta na internação voluntária?

A internação voluntária difere-se das outras modalidades de tratamento interno em uma clínica de recuperação na questão da alta do paciente.

Essa é a única modalidade de internação em que o paciente poderá requerer a própria alta, quando achar que tem condições de continuar a viver sem o auxílio do tratamento e não retornar ao vício que possui.

Para isso, ele deve assinar um documento na saída deixando claro que a alta é também voluntária e que foi realizada pela tomada de decisão própria.

Outra opção de alta no caso da internação voluntária é a tradicional, quando o médico psiquiatra, ao perceber a eficácia do tratamento, libera o paciente para voltar à sua vida normal.

Fale com nossos especialistas! Atendimento 24 horas.

Saiba o que podemos fazer pelo paciente e por você, ao escolher o tratamento de reabilitação pertinente para quem precisa de ajuda. 

Veja nosso Guia de Clinicas de Recuperação em todo Brasil

Atendimento via whatsapp para clinica de recuperação Álcool e Drogas

Entre em contato para marcar uma pequena triagem de aproximadamente 5 a 10 minutos com a nossa equipe. Nós do Grupo Vitta Life, trabalhamos com muito amor, dedicação e interesse real em ajudar nossos pacientes a serem tratados, para que após o tratamento,  eles possam ser uma pessoa restaurada e cheia de vontade de realizar seus sonhos e viver novamente.

Compare listings

Comparar